Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

Rotas Turísticas

Rota do Caparaó

Rota do Caparaó

  • Compartilhe

A Rota do Caparaó tem como principal destaque o Parque Nacional do Caparaó, mas também agrega parte da Serra do Mar e da Mantiqueira, do Pico da Bandeira e do Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça. Os municípios que abrangem a rota são Jerônimo Monteiro, Alegre, Guaçuí, São José do Calçado, Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Ibitirama, Irupi, Iúna, Muniz Freire e Ibatiba.

Começamos o passeio por Alegre, município conhecido como cidade Jardim. O local sedia o Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça e é forte em cultura. Jerônimo Monteiro é propicio para a prática de esportes de aventura e para aqueles que desejam conhecer a Fazenda Gironda, que reflete o auge do ciclo do café e da cana.

Muniz Freire está localizado no Vale do Guarani e tem como principais atrativos as serras que rodeiam a localidade. Ibitirama é o município que possui a maior criação de trutas em cativeiro do Brasil. Por isso, o peixe de montanha é base da exportação do Estado e da alimentação do local.

Seguindo para município de Dores do Rio Preto, o Pico da Bandeira é a principal atração, além das trilhas, da Pedra Menina e do Pico Cristal. Em Divino São Lourenço, as corredeiras e as cachoeiras são as belezas naturais disponíveis aos visitantes, além das culturas africana, italiana, libanesa e turca.

Irupi é um município bucólico, que abriga a Pedra da Tia Velha, ideal para a prática de esportes radicais, como rappel e asa-delta. São José do Calçado é conhecido pela prática de asa-delta, em um local denominado Pedra do Pontão. A rota segue para Guaçuí, onde o Festival Nacional de Teatro é o principal atrativo do local.

No município de Iuna, os turistas visitam Água Santa, um local envolvido em mistérios e lendas, onde as pessoas fazem peregrinações e pagam promessas. Destaque também para a Pedra do Pecado e a Sala dos Milagres. Finalizando o trajeto, o município de Ibatiba comemora todo mês de setembro a festa do Tropeiro. Outros atrativos são a Pedra dos Três Pontões e o Pico do Colossus.

Circuitos

Dentro da Rota do Caparaó existem dois circuitos, que abrangem as cidades do trajeto. O primeiro é o circuito Caminhos dos Tropeiros, ele é composto por 10 propriedades rurais, nos municípios de Ibatiba, Muniz Freire e Iúna. A cultura tropeira manifesta-se na culinária com o feijão tropeiro, torresmo, lingüiça caseira, morcela, carne na lata e mandioca com torresmo. A agricultura familiar é um traço típico da região.

O outro circuito é o Caparaó Capixaba, que é composto por 23 empreendimentos no entorno do Parque Nacional do Caparaó, envolvendo os municípios de Dores do Rio Preto, Divino São Lourenço e Ibitirama.

Já esteve no(a) Rota do Caparaó alguma vez? Clique aqui e avalie

Municípios


Cheque as informações antes de sair.
Os horários, preços e formas de pagamento podem ser alterados sem aviso prévio.Reportar Erro

Avaliações