Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

29 OUTUBRO 2014 - 16:00 - Cultura
  • Compartilhe

Livros por Lívia: blog analisa livros de autores contemporâneos

Os textos são escritos pela jornalista cultural Lívia Corbellari, que já resenhou diversos autores capixabas em seu blog

Por: Isabella Mariano

livros

Em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional em 1810, comemora-se anualmente, no dia 29 de outubro, o Dia Nacional do Livro. Alguns são biográficos, outros de ficção-científica. Há, também, livros cheios de poemas e aqueles que nos contam terríveis histórias de horror. Qual seja seu gênero favorito, ler um livro é capaz de criar novos mundos e alimentar novas ideias. 

Atualmente, a indústria editorial brasileira produz uma média de 58 mil novos títulos por ano, desde 2010. Além disso, diversas publicações são reeditadas e traduzidas, trazendo novas possibilidades de leitura. Com uma estante abarrotada de livros, a jornalista Lívia Corbellari procura acompanhar de perto esse cenário. Lívia se dedica não apenas a ler as obras, mas também a analisar as que ela mais gosta. Para registrar suas resenhas, ela decidiu, então, criar um blog: o Livros por Lívia.

No início, o blog funcionaria apenas como um portfólio para registrar as resenhas que ela fazia profissionalmente, como jornalista cultural. “Mas então eu comecei a produzir só para o Livros por Lívia e se tornou um trabalho independente do que eu fazia no jornal. Fazer as resenhas é uma forma de eu entender melhor o livro, de me fazer ler mais de uma vez. E também acredito que esse retorno para o escritor é muito importante e há bem pouco disso aqui no estado”, explica a jornalista.

Quem acessa o blog encontra resenhas sobre diversos autores capixabas, como Reinaldo Santos Neves, Saulo Ribeiro e Bernadette Lyra. “A escolha dos livros é basicamente o que eu gosto. Claro que quando eu acho alguns pontos negativos nos livros eu também escrevo, mas de uma forma geral eu só escrevo sobre o que eu gosto”, conta. Em Livros por Lívia, há também análises de obras de escritores nacionais e internacionais, como do livro “Juliette Society” de Sasha Grey.

"Foi inevitável eu querer criar as minhas próprias histórias"
Além de leitora assídua, a jornalista se aventura a produzir literatura, mas conta que sua relação com a leitura foi anterior à escrita. “Acho que, quando eu tinha uns 11 ou 12 anos, eu comecei a ler por influência de uma amiga e logo a gente começou a disputar quem lia mais livros e, também, trocávamos muitos livros e juntas fomos descobrindo escritores novos. Mais tarde, foi inevitável eu querer criar as minhas próprias histórias misturando tudo que eu gostava de ler”, diz.

Na faculdade, Lívia participou do Cronópio, um grupo de discussão e produção literária, que era orientado pelo professor e também escritor Erly Vieira Jr. “Aos poucos fui me identificando mais com a área cultural e durante o Cronópio tive a oportunidade de conhecer muitos escritores da cena local e também pude exercitar a escrita tanto de textos literários quanto de resenhas”, afirma. Hoje, para Lívia, a literatura é não só prazer e aprendizado, mas “uma forma de entender o mundo”.

Como uma boa amante da literatura, Lívia busca, também, apoiar projetos de incentivo à leitura, como a Biblioteca Estante Livre, que tem o objetivo de disseminar a literatura pelo interior do Brasil em comunidades de até cinco mil habitantes. “Como jornalista cultural sempre tento ser entusiasta e ajudar a divulgar projetos que levem a literatura para todos, como, por exemplo, a Biblioteca Estante Livre, que tem esse propósito, de transformar a vida das pessoas pelos livros”, diz.

Sugestões de leitura, por Lívia
Para quem está procurando novos autores nesse Dia Nacional do Livro, Lívia indica a alemã Juli Zeh e o moçambicano Mia Couto. “Apesar de estilos muito diferentes tem sido meus escritores contemporâneos preferidos”, explica. E, dos escritores capixabas, ela sugere a leitura das obras de Sarah Vervloet e do poeta Alexandre Moraes – que em breve lançará novo livro pela Editora Cousa.

Outra opção é acessar o blog Livros por Livia e escolher um dos livros resenhados.  “Acho que muito do que sou hoje é devido aos livros que li, a literatura, assim como o cinema, transformou minha vida e segue mudando”, diz.

Conheça os textos de Lívia acessando o endereço: http://livrosporlivia.com/.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório