Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

09 JULHO 2013 - 11:03 - Cultura
  • Compartilhe

Amaro Lima, guitarra, baixo e bateria

O cantor lança nesta terça-feira documentário sobre a gravação de CD de rock em Seattle

Por: Leonardo Vais

Começa o riff de guitarra, junto com o baixo e a bateria, que aparece sozinha para entrar o vocal. Em alguns momentos a música é até um pouco “suja”. Você segue ouvindo e pensa: “Conheço essa voz de algum lugar”. Aí descobre que a tal voz é de um dos artistas mais populares da música capixaba, mas que dificilmente seria associado ao som que você está ouvindo: o bom e velho rock n' roll.

O dono da voz é Amaro Lima, que tem um trabalho autoral conhecido por misturar música pop com congo, que flerta com a MPB, que também gravou um disco de covers com músicas de artistas locais - com jeito e pegada de quem nasceu no mar - e atualmente canta hits do pop americano com cara de standards do jazz. Mas rock era algo inusitado.

Confira todas as informações sobre o lançamento do documentário Searching for Gold AQUI.

7 kinds


“Era um desejo antigo que foi se realizando a partir dos e-mails trocados com o Jack” explica o cantor. O Jack de quem ele fala é o produtor Jack Endino que já produziu alguns discos dos Titãs, mas ficou mundialmente conhecido por ser de Seattle e trabalhar com o grupo mais famoso daquelas bandas: o Nirvana.

Para quem vê de fora pode parecer meio “conto de fadas”, mas tudo aconteceu naturalmente. Amaro queria gravar um álbum de rock há tempos. Ricardo Mendes – o guitarrista da banda – já conhecia Jack de outro projeto e deu a ideia. O “sonho distante”, foi tomando forma através de contato virtual e o trabalho foi virando realidade. 

Em sete dias o trabalho ficou pronto. Deu tão certo, que o “disco de rock do Amaro Lima” virou o álbum da banda 7 Kids of Monkeys. “Na semana em que passamos juntos pra ensaiar, gravar, mixar e masterizar o CD, todo mundo se envolveu muito e não havia mais sentido ser um CD solo meu. Achamos que seria mais legal como um projeto paralelo de todos os integrantes” explica Amaro.

Foto: Amaro Lima e Krist Novoselic, baixista do NirvanaA semana de gravações rendeu também o documentário Searching for Gold, que vai ser lançado oficialmente nesta terça (09/ 07), no Cine Jardins, às 21 horas. “No começo era só pra fazer um making of da gravação e pequenos registros para a internet, mas no final das gravações o Fabio (Seidl, amigo e um dos diretores do doc ao lado de Raphael Erichsen) me disse que era tanto material dava pra fazer um documentário. Aí topamos o desafio da pós-produção”.

O álbum anda sendo muito bem recebido tanto pelo público quanto pela crítica – “Foi uma grande surpresa. Fiquei muito feliz de ter esse trabalho reconhecido. É um trabalho visceral- que até uma possível turnê pode rolar. “Aconteceram algumas sondagens, mas ainda nada confirmado. Pode acontecer ano que vem alguma coisa na Europa, mas ainda esta bem no começo a conversa”.

Para finalizar Amaro deixa o recado, para o lançamento de hoje à noite: “Se você gosta de Rock e quer ver como rolou o encontro de 4 caras de dois países diferentes, que se conheceram por e-mail se viram a primeira vez pra gravar um CD e fazer uma banda em 7 dias essa é a hora”.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório